Financiamento imobiliário: esse é o melhor momento

Comprar um imóvel envolve algumas etapas, e algumas delas podem estar te afastando de realizar esse sonho, não é mesmo? Mas temos uma boa notícia: esse é o melhor momento para fazer um financiamento imobiliário!

Quer saber por quê? Continue lendo!

 

A taxa Selic

Você tem acompanhado as notícias sobre a taxa Selic? Se sim, deve ter percebido que chegamos a um número histórico! Isso porque desde que o Comitê de Políticas Monetárias foi implantado no Brasil, esse é o menor número já atingido. No mês de maio o Copom se reuniu pela terceira vez em 2020 e firmou a taxa Selic em 3%. Uma nova reunião já está marcada para os dias 16 e 17 de junho para novo debate sobre a taxa.

Para fazer uma comparação rápida, a taxa Selic que hoje é de 3% ao ano, em junho de 2019 era de 6,5% ao ano. Essa diminuição ocorre justamente para movimentar a economia, incentivando a compra por conta das taxas menores.

A Selic é a taxa básica de juros utilizada pelas instituições financeiras para balizar suas taxas. Logo, quando a Selic muda, a tendência é que as taxas dos bancos para o financiamento imobiliário também sofram alterações.

Para quem tem aplicações financeiras regidas pela taxa Selic, a diminuição da taxa não é uma notícia boa, pois quanto menor a taxa, menor o rendimento.

Mas a diminuição da Selic para outras situações é muito vantajosa! E uma delas é o financiamento imobiliário. Além disso, para impulsionar o mercado, desde 2016 os bancos vêm flexibilizando as condições de parcelamento, incluindo prazos e novas taxas de juros.

 

A mudança nos juros do financiamento imobiliário

Confira abaixo a lista de taxas atuais para imóveis residenciais dos principais bancos:

Banco do Brasil: a partir de 6,99% a.a. + Taxa Referencial

Banco Bradesco: a partir de 7,3% a.a. + Taxa Referencial

Caixa Econômica Federal: de 6,5% a 8,5% a.a. + Taxa Referencial OU 2,95% a 4,95% + IPCA prefixado de 8% a 9,75% a.a. (as taxas diferentes variam de acordo com o tipo de sistema utilizado)

Itaú: a partir de 7,3% a.a. + Taxa Referencial

Santander: a partir de 7,99% a.a. + Taxa Referencial

Em relação ao prazo, todas as instituições citadas oferecem prazo de 360 meses (30 anos), com exceção do Santander, que oferece o prazo de 420 meses (35 anos).

Há alguns anos, era comum que as taxas chegassem a 12% a.a., quase o dobro da média atual oferecida pelos bancos para o financiamento imobiliário. Com essa mudança, é esperada um grande impacto nas parcelas, e é isso que vamos mostrar na simulação a seguir.

Simulação: taxas antigas X taxas novas

Para essa simulação, vamos usar o seguinte exemplo de imóvel:

Valor total do imóvel: R$800.000,00

Entrada (20%): R$160.000,00

Financiamento imobiliário (80%): R$640.000,00

Prazo: 360 meses

Sistema: SAC

 

Média de juros em 2018 = 11,3% a.a.

Parcela 1 = R$7.804,44

 

Média de juros atual (2020) = 7,5% a.a.

Parcela 1= R$5.777,78

 

A diferença da primeira parcela com a taxa de 2018 e a taxa de 2020 é de R$2.2026,66!

 

Além disso, o valor total pago tem uma diminuição de mais de 21%!

Esses cálculos certamente esclarecem esse ser o melhor momento para financiar um imóvel!

 

Os melhores condomínios de casas de Curitiba

Você já sabe que essa é a melhor hora para investir. Conheça agora as melhores oportunidades para viver em família, criar memórias e dar um novo sentido ao seu estilo de vida.

Imagem do condomínio La Vie Jardim Social, mostrando as fachadas das casas e o boulevard com jardim e calçada. Texto: Você vai mudar seu ponto de vista sobre viver bem. Clique e conheça agora

 

Atuamos na construção civil desde 1993 em Curitiba, construindo mais de 30 empreendimentos em mais de 200 mil m², firmando nosso nome como uma construtora de qualidade e confiança na região. Clique na imagem acima e conheça todos os nossos empreendimentos!

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on email

Outros Posts