Como usar o espaço do quintal para ter uma horta em casa

Nossa casa não precisa ser o lugar onde vamos apenas para dormir e descansar dos dias de trabalho. É ainda melhor quando o lar consegue ser um local terapêutico, que nos traz formas de relaxar e cuidar da nossa saúde mental e bem-estar.

É ainda melhor quando, além de terapêutico, ele pode gerar bons frutos. Aproveitar o espaço do quintal para criar uma horta em casa é uma ótima oportunidade de ter uma atividade gostosa para lidar com as mãos e ainda preencher a dispensa de casa com coisas naturais.

E se você já está partido pro pessimismo, pensando que é muito trabalho, ocupa muito espaço e que você não tem tempo, calma. Uma horta em casa exige um pouco de esforço no começo, mas depois é bastante fácil.

Além disso, não é necessário muito espaço. Na verdade, você que escolhe o tamanho que quer para sua horta.

As casas dos projetos da CGL sempre são pensadas com espaços bastante confortáveis na área externa, justamente porque pensamos que o quintal e jardim podem ser usados para atividades como essa. Se você já vive em um de nossos empreendimentos, certamente não faltará espaço para uma horta em casa.

Sem mais delongas, vamos te ensinar como botar a mão na terra e começar a criar seus alimentos.

Primeiro passo para ter uma horta em casa

Tudo começa com a escolha do lugar. É importante escolher um canto do quintal que receba no mínimo 4 horas de luz solar direta para que as plantas se desenvolvam bem.

O tamanho do espaço escolhido depende das plantas desejadas. Se você deseja apenas temperos de ervas, por exemplo, um espaço dois metros quadrados já será mais que o suficiente.

No entanto, é possível criar uma imensa variedade de plantas: abobrinha, morango, tomate, espinafre, berinjela, pimentão, alface, cenoura, couve, brócolis, pimentão, rabanete. Todas essas frutas e vegetais ocupam pouco espaço na terra quando plantados, por isso permitem uma grande variedade.

Um espaço que tenha até 10 metros quadrados já permitirá o plantio de uma grande variedade de plantas. O ideal é que, na hora de semear, as espécies sejam divididas em grupos e que permaneça um espaço de pelo menos 30 cm para cada plantio.

Método de plantio

Quem não se anima com a ideia de cavar e revirar a própria terra do quintal, pode ficar tranquilo. Existem outras formas de plantar, que não incluem remover toda a grama do local e ainda permitem ter um belo quintal em casa.

Foto: Reprodução / <a href="http://www.aloedesigns.com/" target="_blank">Aloe Designs</a>

As caixas de madeira são as ideias mais adotadas e mais práticas. Elas tem capacidade para uma grande quantidade de terra e ainda permitem a facilidade na hora de dividir as espécies de plantas: pode ter uma espécie para cada caixa.

Foto: Reprodução / <a href="http://www.llhdesignsblog.com/2011/03/details-of-our-first-ever-garden.html" target="_blank">LLH Designs</a>

Caso a ideia das caixas não agrade, também é possível utilizar vários vasos de tamanhos generosos. Essa possibilidade também permite “brincar” mais com a composição da horta: um vaso ao lado do outro, escadinha, pendurados, etc.

Foto: Reprodução / <a href="http://rufflesandtruffles.com/2013/10/diy-vertical-planter-garden/" target="_blank">Ruffles And Truffles</a>

Foto: Reprodução / <a href="http://homemade-modern.com/ep29-hanging-garden/" target="_blank">HomeMade Modern</a>

Manutenção

Além de quantidades boas de água e luz solar, há pouquíssimos segredos para a manutenção de uma horta em casa. Vale lembrar que as plantas precisam ser irrigadas, em média, uma vez na semana, cuidando para não afogar. Se elas ficarem em contato com a chuva, parte desse problema será resolvido.

Na hora de preparar a terra para receber as sementes, converse com um especialista de uma floricultura ou agropecuária para saber de necessidades de adubamento e fertilização. É importante que as sementes ou mudas sejam plantadas em terras bastante férteis.

Os profissionais desses estabelecimentos também vão saber imformar sobre a periodicidade das regas e de fertilização. Cada espécie costuma ter a sua, mas geralmente não costumam dar muito trabalho nesse sentido.

Algo importante é lembrar do controle de pragas, que podem ocorrer mesmo em hortas pequenas. Também não é nada muito complicado, sendo que é ideal que se evite o uso de pesticidas e agrotóxicos. Afinal, uma das grandes vantagens de ter uma horta em casa é ter alimentos orgânicos e super saudáveis.

Para controlar as pragas, procure sempre cuidar do solo, catando qualquer pedaço morto das plantas e eventuais lixos. Caso você ainda perceba os bichos, procure fazer você mesmo um pesticida natural. Existem várias receitas na internet, que usam ingredientes como alho, cebola ou pimenta, que espantam as pragas.

Isso tudo é o básico que você precisa saber para ter uma horta em casa. Acima de tudo, a prática e a experiência com a terra ajudará você.

Aproveite o espaço do seu quintal e crie um lugar para cuidar de você e da sua família! A CGL quer que você utilize sua residência como um espaço para bem-estar e saúde. Até a próxima!

Com informações de Casa e Jardim.

Fonte das imagens: Dicas de Mulher.

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on email

Outros Posts