Santa Felicidade: um reduto italiano em Curitiba

Conheça a região de Santa Felicidade e sua história de tradições

O lugar em que decidimos viver é aquele que nos abrigará com segurança e conforto nos intervalos de nossas rotinas corridas. Escolher qual desempenhará melhor este papel não é tarefa fácil e para ajudar na decisão, trazemos aqui um pouco da história dessa região administrativa de Curitiba, Santa Felicidade.

Fonte: turismo.pr.gov.br – Foto: Joel Rocha

         Em meados do século XIX, a antiga região conhecida com Taqueral, metropolitana de Curitiba, foi hospedeira de imigrantes italianos provindos de Vêneto e Trento, regiões do norte da Itália, que construíram a identidade cultural do bairro de maneira bem tradicional e tal como conhecemos.

O local passou a se chamar Santa Felicidade em homenagem a Dona Felicidade Borges, uma portuguesa que tinha posse da terra e que doou parte dela aos imigrantes italianos.

As famílias italianas que fincaram raízes em terras curitibanas se dedicavam, principalmente, à produção de vinhos, queijos e hortigranjeiros, o que, mais tarde, faria delas as maiores desenvolvedoras da Colônia de Santa Felicidade.

O bairro possui cerca de 25 mil habitantes e uma área de 12,27 km² de tradições italianas como a gastronomia, que se torna convidativa ao turismo com os atrativos gastronômicos na Festa no Vinho.E é claro, quem vai até lá não pode deixar de degustar dos pratos do Madalosso, o maior restaurante da América Latina.

Além da comida, Santa Felicidade possui arquitetura oriunda da imigração que atraem visitantes há muito tempo e os principais locais de visitação são: a Casa dos Arcos, a Casa dos Gerânios, a Casa das Pinturas, a Igreja Matriz de São José, o Panteon do Cemitério Santa Felicidade, a Vinícola Durigan, o Portal Italiano e o Bosque São Cristovão.

Santa Felicidade é um lugar repleto de tradições, pontos turísticos, beleza e muita simpatia, não é à toa que a CGL escolheu este bairro como a localização de alguns de seus empreendimentos. Conhecer o lugar em que se pretende morar é o primeiro passo e o segundo é saber quais as condições de financiamento disponíveis para a realização do sonho da casa nova.

Para continuar atualizado sobre dicas de decoração, novidades, arquitetura e tendências, continue acompanhando nosso blog.

 

 

 

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on email

Outros Posts